Pesquisar este blog

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

14º




Saiu no DO 27/10- 14º salário

RESOLUÇÃO SME N.º 1156, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011. (*)
Regulamenta a percepção do Prêmio Anual de Desempenho a que se refere o Decreto n.º 33.399, de 16 de fevereiro de 2011, e as alterações estabelecidas pelo Decreto n.º 34.163, de 21 de julho de 2011, e dá outras providências.

A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor e;

CONSIDERANDO as disposições constantes do Decreto n.° 33.399, de 16 de fevereiro de 2011, a natureza do prêmio por ele instituído e as alterações estabelecidas pelo Decreto n.º 34.163, de 21 de julho de 2011;

CONSIDERANDO que para garantir a continuidade de funcionamento das Unidades Escolares e Creches, com padrões qualitativos desejados, faz-se necessário, por vezes, o remanejamento de pessoal administrativo;

CONSIDERANDO, ainda, que o remanejamento temporário, por absoluta necessidade de serviço, não descaracteriza a relevância dos serviços desses profissionais para os resultados positivos nas ações das Unidades Escolares e Creches da Rede Pública do Sistema Municipal de Ensino,

RESOLVE:

Art. 1º O Prêmio Anual de Desempenho, instituído pelo Decreto n.° 33.399, de 16/02/2011, a partir de 2011, será devido aos servidores lotados e em efetivo exercício por, pelo menos, três quartos da vigência do ano letivo nas Unidades Escolares que atingirem a meta, ressalvados seus titulares, para os quais valerá, como requisito único, o efetivo exercício na unidade premiada.

§ 1º Não farão jus à percepção do prêmio os servidores que, em relação ao período-base, tenham sofrido penalidade disciplinar;



Art. 2º O Prêmio de Desempenho Anual será calculado com base na remuneração percebida pelo servidor, a título de décimo terceiro salário do ano anterior ao do pagamento da premiação, pelo atingimento da meta fixada para a Unidade Escolar no Decreto n.º 34.163, de 21/07/2011, de acordo com os seguintes critérios:

I – uma parcela fixa, equivalente a 50% (cinquenta por cento) do valor fixado no caput deste artigo, desde que o servidor não tenha 51 (cinquenta e um) dias ou mais de ausências no ano letivo; e

II – uma parcela variável, equivalente a até 50% (cinquenta por cento) do valor fixado no caput deste artigo e calculada em função da assiduidade do servidor, na forma a seguir:

a) de 0 a 2 dias de ausências – 100% da parcela variável;

b) de 3 a 5 dias de ausências – 70% da parcela variável;

c) de 6 a 8 dias de ausências – 40% da parcela variável; e

d) 9 dias ou mais de ausências – não fará jus à parcela variável.

§ 1º O prêmio devido aos servidores lotados e em exercício nas Unidades Escolares integrantes do Programa Escolas do Amanhã terá como base 150% (cento e cinquenta por cento) do valor fixado no caput deste artigo, enquanto o das demais Escolas a base será de 100% (cem por cento).

§ 2º Para fins de premiação nos anos ímpares, as Unidades Escolares que não possuam IDEB nos anos iniciais e nos anos finais serão avaliadas pelo IDERIO obtido nos dois anos do período a que a meta se refere, conforme tabela constante do Anexo Único desta Resolução.

Contos de assombrar!

Nosso tema gerador em 2011 é história do cinema, e esse mês estamos trabalhando terror e suspense. Como em nossa escola o trabalho é sempre conectado, nossa estagiária e os monitores tecnológicos elaboraram uma contação de estórias de assombrar. A atividade foi maravilhosa, nossa diretora se vestiu de bruxa, as crianças contaram estórias , uma parceria com as estagiárias Arlene e Áurea e Bairro Educador.







Viramos notícia na campanha contra a dengue!

Dia 27 de outubro fomos convidados para visitar uma feira sobre prevenção da dengue e saúde promovida por nosso parceiro Posto de Saúde Edma Valadão. Foi muito legal e nossas crianças mostraram o que sabiam sobre os temas fomos até entrevistados pela Record!

http://videos.r7.com/dengue-agentes-de-saude-fiscalizam-2-000-imoveis-em-iraja-rj-/idmedia/4ea99c0be4b0e74d0626be9f.html


Pensamentos sob o olhar| Revista Educação

Pensamentos sob o olhar| Revista Educação

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Aulas da professora Carla.

Os cientistas da turma 1401 trabalham o projeto Cientistas do Amanhã de maneira prazerosa, aliando conhecimento com diversão. As aulas são sempre muito alegres e descontraídas fazendo com que os alunos tenham  grande interesse em realizar as experiências propostas. Mão na massa galera!!

Cientistas do Amanhã ( aulas 7 e 8)





Tarde de autógrafos e encontro com o autor Henrique Rodrigues.

O dia 26 de outubro de dois mil e onze ficará gravado em nossas memórias, recebemos a visita de um ex aluno que se tornou um grande escritor e pesquisador, Henrique Rodrigues. Henrique veio para uma tarde de autógrafos e contação de estórias em nossa escola, foi uma tarde memorável. É importante trazer exemplos de sucesso para nossos alunos, precisamos dar bons exemplos. Sucesso total, participação das crianças dos professores e de nossa diretora Sueli, que vestiu o personagem Bruxa , foi o máximo. Para conhecer melhor a abra do escritor Henrique Rodrigues acesse:
http://www.henriquerodrigues.net/about








terça-feira, 25 de outubro de 2011

Descolagem #7 - Rafael Parente - As portas da conexão - Videolog

Descolagem #7 - Rafael Parente - As portas da conexão - Videolog

Mais um texto do CIEP No desafio Rioeduca!


Sou professora de ciências, atuo como coordenadora pedagógica e participo de uma revolução na qualidade da Educação pública da Cidade do Rio de Janeiro, que está acontecendo no CIEP Dr. Adão Pereira Nunes, nas turmas de Ensino Fundamental.
Queríamos diminuir a evasão em nossa escola, melhorar o desempenho e a disciplina, promover a autonomia dos alunos, a formação continuada de professores em serviço, melhorar o fluxo de informações, incentivar o uso das novas tecnologias e revolucionar a relação aluno-professor. Para dar conta de todos esses objetivos, elaboramos o projeto de monitoria tecnológica, que consiste em formar alunos para ser monitores de seus próprios professores no uso das novas tecnologias.
A ideia levou em consideração o fato de os alunos serem usuários frequentes das tecnologias e estarem sempre aptos a aprender coisas novas – eles foram selecionados e capacitados no uso de aparatos tecnológicos e redes sociais. Após essa capacitação, cada aluno recebeu uma tarefa e um grupo de professores para monitorar.
Os alunos criaram contas de twitter, facebook e blogs, iniciaram os professores na utilização da plataforma Educopédia e os orientaram para que realmente se tornassem usuários da ferramenta tecnológica. Eles acompanham as postagens nos blogs, baixam programas, vídeos e fotos e tiram dúvidas dos professores. A ideia deu tão certo, que os monitores passaram a ser responsáveis pelo nosso Cineclube, que tem sessões semanais sempre realizadas por eles.
Os resultados são surpreendentes. Docentes e alunos iniciaram uma nova relação, com os alunos ensinando seus professores; a formação continuada dos docentes passou a acontecer via redes sociais; as crianças se tornaram protagonistas e autodidatas; e o fluxo de informações da escola melhorou com o uso das tecnologias e a utilização de blogs e redes sociais.
Professores que antes eram resistentes estão se tornando usuários de tecnologia – e os alunos estão melhorando a escrita devido ao uso dos blogs e das redes socais. Foi um projeto revolucionário e inovador não só pelo uso das ferramentas tecnológicas, mas pela mudança na relação entre professores e alunos. Todos saíram ganhando!
Gisele Cordeiro
CIEP Dr. Adão Pereira Nunes
Postado em Educopédia. Siga os comentários pelo RSS feed desse postPublique um comentário ou deixe um trackback:Trackback URL.

Monitoria tecnológica: parceria de alunos e professores | Educação Nota 10

Monitoria tecnológica: parceria de alunos e professores | Educação Nota 10

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Jornal do Brasil - Sociedade Aberta - A  ilusão de uma economia verde

Jornal do Brasil - Sociedade Aberta - A ilusão de uma economia verde

Jornal do Brasil - Ciência e Tecnologia - País terá sistema de monitoramento de resíduos sólidos até 2013

Jornal do Brasil - Ciência e Tecnologia - País terá sistema de monitoramento de resíduos sólidos até 2013

Delegacia Virtual!

O link abaixo permite acessar alguns serviços da Polícia Civil, vale  conferir!

https://pod51004.outlook.com/owa/redir.aspx?C=sKI7Njt_RUCCzp1qx2ZupXVYBhK8Zc4IziBp6pbU4NlFhUgWR9qMRLrBiceRi7zCs6g-6nNs3c4.&URL=http%3a%2f%2fwww.delegaciavirtual.rj.gov.br%2f


Cortesia do Jorge da Viriato Correa.

DIÁRIO OFICIAL  de 24 de outubro de 2011
EDITAL SME Nº 10 DE 20 DE OUTUBRO DE 2011. (*)
        
REGULAMENTA O PROCESSO DE SELEÇÃO E REMOÇÃO EX-OFÍCIO DE PROFESSORES PARA O GINÁSIO EXPERIMENTAL OLÍMPICO.

O SUBSECRETÁRIO DE GESTÃO, na condição de substituto legal da Secretária Municipal de Educação, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, comunica aos profissionais integrantes do Quadro do Magistério, lotados e em exercício na Secretaria Municipal de Educação o regulamento concernente ao processo de seleção e remoção ex-ofício de professores para compor o quadro docente do Ginásio Experimental Olímpico.

1. Do Programa

O Ginásio Experimental Olímpico, instância dinamizadora e irradiadora em educação vinculada a alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, voltado para a excelência acadêmica e esportiva, visa à introdução de novos métodos e práticas no cenário educacional e esportivo.

2. Dos Critérios Preliminares

Os professores interessados em participar do processo de seleção, deverão observar os seguintes critérios:

2.1 Estar disponível para cumprimento de jornada de 40 (quarenta) horas semanais, sendo 8 (oito) horas diárias. Os professores que não detenham matrícula sob o regime de 40 (quarenta) horas semanais terão sua jornada complementada por intermédio de dupla regência;

2.2 Ser Professor I em uma das disciplinas da área em que pretende atuar - Humanidades (Português, História e Geografia), Exatas (Matemática e Ciências)- ou em uma das disciplinas específicas de Educação Física, Artes Cênicas, Artes Plásticas, Educação Musical ou Inglês;

- Os professores da disciplina de Educação Física além de atuar na educação curricular, deverão manifestar no ato da inscrição a modalidade específica em que desejam atuar como treinadores.

2.3 Comprometer-se com a política de pesquisa e de formação continuada a ser desenvolvida pela Secretaria Municipal de Educação, como exigência para a qualificação da docência de acordo com as especificidades da unidade escolar.

3. Da formulação do pedido

Os professores interessados deverão:

3.1 Inscrever-se no período de 21 a 31 de outubro de 2011, mediante preenchimento de formulário próprio on-line no site www.rio.rj.gov.br/web/sme e caso seja selecionado na análise curricular apresentar-se munido dos originais e cópias dos seguintes documentos:

a) Declaração da unidade de ensino na qual atualmente leciona, fazendo constar o período de ingresso na referida unidade;

b) Carteira de Identidade;

c) CPF;

d) Termo de compromisso assinado pelo candidato e que consta do Anexo II deste Edital;

e) Currículo devidamente comprovado (as cópias dos certificados deverão ser anexadas) e em conformidade com o modelo utilizado pela Plataforma Lattes (http://lattes.cnpq.br/), considerando a produção acadêmica dos últimos 5 (cinco) anos.

3.2 A inscrição com entrega dos documentos acima mencionados será feita na Gerência de Recursos Humanos da 1ª Coordenadoria Regional de Educação a que se vincula o Ginásio Experimental Olímpico.

3.3 As informações prestadas e os documentos entregues no ato da formulação do pedido serão de inteira responsabilidade do candidato, possibilitando o cancelamento da inscrição daqueles que fornecerem informações inconsistentes.

4. Do Processo de Seleção

4.1 O processo de seleção constará de análise do currículo e do histórico de atuação profissional na Rede Municipal de Educação; formação presencial e entrevista, a ser realizada por banca examinadora instituída pela Secretária Municipal de Educação exclusivamente para este fim. Essa banca será composta por elementos da SME, um representante do Instituto Trevo de Tecnologia Social, dois representantes da 1ª CRE e pela direção da escola (Diretor).

4.2 O candidato deverá submeter-se à formação presencial e à entrevista, em locais e horários previamente definidos e divulgados nos respectivos locais de inscrição. A formação presencial e a entrevista objetivarão a identificação de elementos de convergência entre a prática pedagógica dos candidatos e o perfil desejado para atuação no âmbito do Ginásio Experimental Olímpico. No caso dos professores de Língua Inglesa, a entrevista levará em conta também os conhecimentos lingüísticos e a fluência do candidato no idioma.

4.3 As vagas serão distribuídas da seguinte maneira:

Matemática: 02 (duas) vagas

Português: 02 (duas) vagas

Ciências: 01 (uma) vaga

Geografia: 01 (uma) vaga

História: 01 (uma) vaga

Artes: 01 (uma) vaga

Inglês: 02 (duas) vagas

Educação Física: 07 (sete) vagas

5. Da Pontuação

5.1 Será atribuída ao candidato a pontuação máxima de 100 (cem) pontos, sendo 30 (cinquenta) pontos para o currículo, 30 pontos para a formação presencial e 40 (cinquenta) pontos para a entrevista. Para a análise do currículo será considerada a tabela constante do Anexo III que acompanha este Edital.

6. Dos critérios de desempate

6.1 Serão aplicados como critérios de desempate, nesta ordem:

a) O maior tempo de exercício a ser cumprido na Secretaria Municipal de Educação até o momento da aposentadoria;

b) O maior tempo de exercício de docência na Rede Municipal da Cidade do Rio de Janeiro.

c) Maior pontuação na entrevista.

7. Dos critérios para a remoção ex-ofício

7.1 Serão removidos os professores que nas respectivas áreas de ensino obtiverem a maior pontuação, considerando os critérios e resultados obtidos por intermédio da análise do currículo, da formação presencial e do processo de entrevista.

8. Da divulgação dos resultados

8.1 O resultado final do processo de seleção será publicado no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro na data de 29 de novembro de 2011, sendo divulgado, também, no site da SME, na CRE e nas respectivas escolas.

8.2 Do resultado final caberá recurso somente com relação à pontuação atribuída aos itens relacionados na tabela que constitui o Anexo III, a ser interposto, no local em que foi realizada a inscrição, no prazo de até 2 (dois) dias úteis, contados a partir da datasubsequente a da publicação mencionada no item 8.1.

9. Das disposições finais

9.1 O professor que esteja no cumprimento de estágio probatório e/ou do período de 5 (cinco) anos de permanência na Coordenadoria Regional de Educação em que foi lotado, por efeito de opção decorrente de concurso regionalizado, só poderá concorrer à vaga no Ginásio Experimental Olímpico caso seja vinculado à 1ª CRE.

9.2 Os casos omissos serão resolvidos pela Secretaria Municipal de Educação.

Rio de Janeiro, 20 de outubro de 2011.
PAULO ROBERTO SANTOS FIGUEIREDO
Substituto Eventual da Secretária Municipal de Educação
Decreto “P” n.º 993, de 11.11.2009.

(*) Omitido no DO RIO de 21/10/2011.

ANEXO I  
TERMO DE COMPROMISSO E RESPONSABILIDADE

__________________________________________________, professor I do Ginásio Experimental Olímpico ______________________________________, na disciplina __________________________, matrícula n.º ______________, concorda com sua permanência na citada unidade, bem como, com o critério descrito nos itens 2.1 e 2.3 do Edital SME n.º 10, de 20/10/11.

Rio de Janeiro, ______ de ___________________ de 2011.

ANEXO II
TERMO DE COMPROMISSO E RESPONSABILIDADE

__________________________________________________, professor I da Rede Pública Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro, na disciplina __________________________, matrícula nº ______________, CPF nº_______________ concorda com sua remoção ex-ofício para o Ginásio Experimental Olímpico ________ ________________,e declara, para fins de desempenho de suas atividades docentes na referida unidade de ensino, estar de acordo com os critérios estabelecidos no Edital SME n.º 10, de 20/10/11.

Rio de Janeiro, ______ de ___________________ de 2011.

ANEXO III        







TABELA DE PONTUAÇÃO









Formação e qualificação profissional








Em Pedagogia/Educação








Em área Específica








Pontuação Máxima








Curso de Especialização (Lato Sensu)








2








4








8








Curso de Mestrado








5








10








10








Curso de Doutorado








6








12








12








Total da Formação e Qualificação Profissional








30









Experiência profissional em Educação








Pontuação








Experiência docente em regência a partir de 05 anos (esfera pública e/ou privada)








15








Experiência como capacitador/Formador








5








Total da Experiência Profissional








20









Experiência profissional em Esporte









Pontuação









Experiência docente, comprovada, de no mínimo 05 anos na modalidade pretendida.








20








Total da Experiência Profissional









20


TOTAL GERAL 70 Pontos